4 atores de A Usurpadora que já morreram e deixaram saudades – AdoroCinema

Ex.: La Casa de Papel, Pokémon, Patrulha Canina, Stranger Things, Lucifer
Novela mexicana que fez sucesso no Brasil está disponível no catálogo do Globoplay.
“Oi, usurpadora, sabe quem sou eu? A verdadeira Paola Bracho, imbecil”. Quantas tardes você passou vendo A Usurpadora na televisão? A personagem Paola Bracho (Gabriela Spanic) marcou várias gerações – além de ser reprisada mais de cinco vezes na televisão brasileira.
Para alegria dos noveleiros de plantão (e para as avós que não se cansam de rever a produção), a novela mexicana está disponível no catálogo do Globoplay. Mas, caso queira relembrar a trama ou está a fim de vê-la pela primeira vez, vamos dar um resumo do que se pode esperar de Paola e a mansão Bracho: 
Paola e Paulina são filhas de Paula, uma mulher pobre que mora na Cidade do México. Mas no estado de miséria em que vive, a mãe decide abandonar Paulina, que é futuramente adotada pela rica família Montaner. Paulina, no entanto, cresce ao lado da mãe e vira uma moça humilde, algo que Paola certamente não é.
Casada mas cansada da vida que leva na mansão da família do marido, os Brachos, Paola decide viajar com um de seus amantes e acaba encontrando Paulina. Percebendo que as duas são idênticas, Paola propõe que Paulina troque de lugar com ela por um ano, com o intuito de ficar livre da família Bracho. Entre idas e vindas, a verdadeira Paola volta para infernizar a vida da família Bracho, mas Paulina (se passando por Paola) não permite que a irmã volte e a rixa entre as duas começa. 
 
A Usurpadora de 1998 também tem sua continuação em quatro episódios, em que todos do elenco original voltam a reprisar seus papéis. Dessa vez, um ano se passou desde o final da novela e mostra o que aconteceu com os personagens. Vale ainda ressaltar que em 2019, a novela ganhou um remake com 102 capítulos. 
Vinte e oito anos se passaram desde que A Usurpadora foi ao ar pela primeira vez. Depois de todo esse tempo, atores e atrizes que fizeram a novela ser ícone acabaram nos deixando. Confira alguns:
Libertad Lamarque foi indicada ao Prêmio TV y Novelas em 1999 por interpretar a avó Bracho na novela mexicana. Mas, antes de ser lembrada aqui no Brasil por A Usurpadora, a atriz teve uma carreira extensa desde os anos 1930. A atriz faleceu no ano 2000 após sentir-se mal ao acordar.   
Competidora do Miss México em 1953, Silvia Derbez teve 54 anos de carreira entre televisão e cinema, sendo a novela mexicana de 1998 uma de suas últimas aparições. A atriz faleceu em 2002, mas deixou uma carreira extensa de produções, além de sua neta Silvia Eugenia Derbez, também atriz.  
Guzmán partiu em 2015 após ter um infarto, aos 83 anos, e deixou um legado de mais de 80 trabalhos como atriz. Ela fez mais de vinte personagens em novelas, além de nove filmes.  
Além de ser conhecido por A Usurpadora, Tito Guízar já apareceu mais duas vezes nas novelas mexicanas transmitidas no Brasil, como Marimar (1994) e Maria do Bairro (1995). O ator faleceu pouco tempo depois da finalização da novela mexicana de 1998.   
Queremos sua opinião! | Sobre o AdoroCinema | Contato | Termos e condições | Carta de confidencialidade | ©AdoroCinema

source

Deixe uma resposta