Agenda Hype: Blues Jazz Festival, PicniK, ODD, Fogo & Paixão e 26 dicas culturais da semana – Hypeness

Dois festivais de graça ao ar livre ganharam meu coração nessa semana. Em São Paulo, o Blues Jazz Festival Brasil faz sua 7ª edição no Parque Villa Lobos com shows de Hermeto Pascoal, Yamandu Costa, Edgard Scandurra, entre outros. Já em Brasília, o PicniK Festival ocupa a Praça Portugal com uma programação lindona que inclui Pato Fu, Anelis Assumpção e Curumin, Luedji Luna, Letrux, Academia da Berlinda e mais um tanto de atrações.
A ODD volta à Fábrica de BrinqueDDOs, em SP, para mais um festão com dez atrações entre DJs e live acts que se revezam da noite de sábado ao amanhecer de domingo. No Rio, o bloco Fogo & Paixão faz edição toda trabalhada no romance com Amigos da Onça e hits bregas que pegam no coração.
Nos lançamentos musicais, HODARI faz show do seu álbum de estreia no Sesc Pompeia e MULAMBA ataca com novo trabalho no climinha da MPB e do chamego. A Maranda também apresenta o disco recém-lançado, “Tudo até agora”, na Audio Rebel RJ, e a JUNE leva seu álbum inédito para o Whiplash Bar, em SP.
Vem na minha!
7º Blues Jazz Festival Brasil
Parque Villa Lobos – SP
Sábado, 25, das 11h às 19h
Grátis
O evento está de volta com muita música ao ar livre, além do já tradicional picnic, atividades para crianças e ações de sustentabilidade. Na programação, shows de Hermeto Pascoal, que convida o Arismar do Espírito Santo, além do virtuoso Yamandu Costa, um power trio comandado pelo ex-integrante do grupo Ira, Edgard Scandurra, o grupo argentino Escalandrum e a cantora norte americana Tia Caroll, com participação de Igor Prado & Just Groove.

Rolê 22 – São João
Ocupação 9 de Julho SP
24 de junho, sexta-feira, às 19h
Grátis – online e presencial
O Rolê 22 chega para valorizar fazeres e saberes locais. A ideia desses encontros é fazer uma roda de escuta, para refletir como o legado da Semana da Arte Moderna de 1922 afeta populações que não são incluídas nas discussões – caso dos indígenas e dos afro-brasileiros. Na roda, Preta Ferreira (multiartista, comunicadora inata e de formação), Julie Dorrico (escritora, pesquisadora de literatura indígena, pertencente ao povo Mucuxi), Marcelo Tupinambá Leandro (coordenador de programação do museu Casa Mário de Andrade, produtor musical), Lumumba Afroindígena (artista plástico autodidata). A mediação será realizada por Jaíra Potï (artivista e gestora cultural) e Maíra da Rosa (educadora, cantora). Thainá Silva (surda oralizada, youtuber, intérprete de músicas em Libras e empreendedora de Marketing Digital) será a apresentadora do evento. Rola ainda intervenção musical do grupo Samba de Dandara, com empoderamento e exaltação às mulheres sambistas.

PicniK Festival
Praça Portugal – Brasília
25 e 26 de junho, a partir das 13h
Grátis – a partir das 16h, é necessário 1kg de alimento para entrar
O PicniK propõe movimentar novamente a cena alternativa nacional, dessa vez em um local inédito na história do projeto. No palco principal, Pato Fu chega com seu aclamado espetáculo “Música de Brinquedo”, Anelis Assumpção se une ao parceiro Curumin para apresentação inédita na cidade, além de Luedji Luna, Letrux, Academia da Berlinda e Karina Buhr. O lendário Rogério Skylab também volta à cidade, fazendo um encontro inédito da banda BIKE e do guitarrista Gui Held. Quem chega de fora é o guitarrista norte americano Yonatan Gat, ao lado do projeto Medicine Singers. Tem espaço ainda para artistas candangos em ascensão, como a sensação vaporwave-psych de Sobradinho Akhi Huna, a turma de hip-hop Puro Suco e Pedro Aleex e a classuda Maria e o Vento, além de Aguaceiro e Oxy, Yma (SP), Ozu e Cachalote Fuzz. Somando ao time de shows em parceria, Dessa Ferreira e o percussionista nigeriano Ìdòwú Akínrúlí promovem o show Todos os Tempos. A programação ainda conta com apostas que vêm se destacando no QG do PicniK: Amnesiac Kid, Aurora Vênus, Corujones, Moscoles, Pratanes, Os Gatunos e Cientista Perdido.

ODD /opus/
Fábrica de BrinqueDDOs (Rua Dr. Moisés Kahan, 130 – SP)
Sábado, 25, a partir das 21h
3º lote a partir de R$ 80,00 via Sympla
Depois de uma intensa e histórica comemoração de sete anos, a ODD traz dez DJs/live acts que se revezam da noite de sábado ao amanhecer de domingo, com Roman Flügel como headliner internacional. Boa parte das atrações costumam trocar batidas 4×4, sobretudo dentro do electro, como o australiano Jensen Interceptor (que já trouxe sua mistura insana de electro, miami bass e EBM a duas edições deste ano), o santista CRAZED, a gaúcha Suelen Mesmo, o paulistano RHR, os ecléticos e experimentais Linda Green e Kayque Cabral — em um B2B imperdível. Nas lives, Zopelar, o showzaço do duo Vermelho Wonder — Vermelho e a cantora Ivana Wonder — e Davis e Martinelli na estreia do seu duo, X-Vandals. No visuais, Aun Helden e Katrevosa (perfomers), Julio Parente (luzes) e L.Pitzs (projeções), além de Enco.

Borbulhas de Amor – Bloco Fogo & Paixão
B.Co Makers
Sábado, 25, 20h
R$ 30 pelo site Ingresse
A 5ª edição do Borbulhas de Amor de 2022 promete colocar todo mundo para dançar com hits como “Meu Sangue Ferve por Você” e “O Amor e o Poder”. Além da tradicional da bateria Sem Limites e de DJs, o evento vai contar com a participação do Bloco Amigos da Onça.

HODARI part. Luccas Carlos e BK´ 
Sesc Pompeia
Quinta, 23, 21h30
R$ 30 (inteira)
Nascido em Brasília, Hodari é músico, cantor e compositor. Neto da militante negra Lydia Garcia de Mello, cresceu rodeado por artistas e referências da cultura africana. Trazendo uma nova cara pra música brasileira contemporânea e a nova MPB, o show de lançamento do primeiro álbum autoral de HODARI promete ganhar seu coração com melodias e letras que nos levam para uma outra atmosfera, enchendo os corações de todos os públicos. O álbum conta com 13 faixas incluindo seus últimos singles lançados “Signos” e “Praya e Sol” e conta com a produção musical de Nave Beats, Douglas Moda e Rafinha Rsq. O show ainda irá contar com as participações de Luccas Carlos e BK´, que também estão no novo álbum do artista.

Belas Sonoriza – filme Cruella
Petra Belas Artes
Domingo, 26 de junho, às 14h e às 17h
R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada)
O Petra Belas Artes apresenta a quarta edição do Belas Sonoriza de 2022 – projeto que exibe um filme musicado ao vivo por uma banda ou músico convidado. Nesta edição de junho o filme “Cruella” (2021) inspirado na icônica vilã de 101 Dálmatas da Disney, ganha trilha sonora ao vivo da banda Mr. Legacy. O longa, que conquistou o coração dos amantes dos contos de fadas, é vencedor do Oscar de Melhor Figurino, dirigido por Craig Gillespie e estrelado por Emma Stone.

JUNE
Whiplash Bar SP
Quarta, 22 de junho, às 20h
R$ 30
Artista revelação de Santa Catarina, JUNE faz show apresentando canções do disco “Crying for Attention”. Após abrir os caminhos do álbum inédito com a irresistível e apaixonada faixa “Electricity”, JUNE mostrou o duplo “I Doubt”/”Under The Ocean”. “I Doubt” tem participação da artista Sol Chyld, de Nova Jersey (EUA).

Maranda
Audio Rebel RJ
Quinta, 23 de junho, às 20h
R$ 25
O primeiro álbum da Maranda já está em órbita! E o primeiro show de lançamento de “Tudo até agora” (independente) tem data. O disco traz inéditas da cantora e compositora carioca e releitura de “Busca Vida”, sucesso de Herbert Vianna. Dois singles já foram lançados: “Vendaval” ganhou clipe com atletas de longboard dance e patinadoras de roller dance; e “Corpo de Lata”, parceria dela com Mari Morsh (veja o clipe com a artista Iasmin Patacho dançando lindamente), que vem sendo considerada uma das músicas mais fortes do disco. Ambos foram dirigidos por Maiara Líbano.
Russian Film Festival
Petra Belas Artes
23 e 26 de junho
Grátis – retire ingresso pelo site
O Russian Film Festival – Volta ao Mundo acontece pela primeira vez de forma presencial no Brasil. A programação inclui destaca a produção da cinematografia russa contemporânea com ênfase em longas dirigidos por mulheres –  o drama esportivo baseado na história de vida da “rainha do mergulho livre” Natália Moltchanova“Um fôlego”, dirigido por Elena Khazanova, e a comédia romântica “Quero casar”, de Sonya Karpunina – além do documentário “Andrei Tarkovsky. O cinema como oração”, sobre o grande cineasta russo, cujo 90º aniversário será celebrado neste ano.
2º Arraiá Filhos de Gil
Casa Rockambole SP
Domingo, 26, das 15h às 22h
R$ 30
O bloco Filhos de Gil, à frente da festança, comemora o aniversário de 80 anos de Gilberto Gil, seu homenageado, reverenciando sua obra. A festa conta com os sets de Ian Valentim e Nat Jako, enquanto o Bando de Régia retorna ao palco da casa com seu forró contagiante. A Bateria Realce também toca ritmos juninos e a banda completa do bloco encerra a noite com performance.
MULAMBA | Será Só Aos Ares
A banda continua a apresentar a guinada sonora desta nova fase, incorporando elementos da música brasileira à potência do rock que guiou seu primeiro e aclamado disco homônimo. Após buscar o transcendental em “Bença” com Luedji Luna, celebrar os diversos tipos de prazer em “Lascívia” e dar um respiro na poética e sentimental “Hemisfério”, a banda lança seu novo álbum pelo selo PWR Records.

BADZILLA | Neblina
Os encontros que acontecem no cotidiano podem gerar os mais diferentes resultados. No caso de BADZILLA – projeto composto pelos produtores musicais Tuti AC (baixista do Medulla) e LAN (do projeto SAVINO) – , a atuação na direção musical do reality Sobe Junto, promovido pela Budweiser, possibilitou o duo de conhecer Ashira, uma das participantes. O fruto desse acaso é a canção “Neblina”, que apresenta um novo lado sonoro da dupla.

Baco Exu do Blues & Luísa Sonza | Hotel Caro
A faixa saiu no Dia dos Namorados e marcou a primeira parceria entre a dupla. O R&B embala a letra que fala sobre o fim de um relacionamento que ficou na memória.

 
Gabriellê | Neguinha
Celebrando o amor entre mulheres, Gabriellê acaba de lançar videoclipe para sua doce e inédita canção. Em parceria com Ingrid Martins, MC, poeta e também companheira da artista, a faixa reflete sobre a importância de abraçar a si mesma, antes e dentro de qualquer relacionamento afetivo. Para a versão audiovisual, assinada por Demobuda, imagens em preto e branco são intercaladas com takes mantidos em efeito negativo. Na produção musical, Filipe Gomes (também integrante do bando Aláfia, referência da cena autoral).

Meg Pedrozzo | Pessoas São Falhas 
Do R&B mais romântico ao afrobeat contemporâneo, Meg Pedrozzo apresenta seu primeiro trabalho completo, o EP Pessoas São Falhas, em sucintos 13 minutos, duração suficiente para mostrar que gravita com facilidade entre diferentes estilos da black music. A cantora, natural do Grajaú, bairro de grande efervescência artística na zona sul de São Paulo, soube medir o clima de romance sério e de pegação na balada com seus temas sobre amor verdadeiro, flertes, festa e convivência.

11ª Mostra 3M de Arte
Parque Ibirapuera
25 de junho a 24 de julho, das 5h às 00h
Grátis
Este ano, com curadoria de Camilla Rocha Campos e do curador adjunto, João Simões, estarão distribuídas no parque cinco obras inéditas de grandes dimensões que contemplam a temática
Cor, Calor, Valor, remetendo ao corpo, à emoção e memória de comunidades ancestrais e acontecimentos passados, e refletindo sobre a questão histórica do tempo. Três delas são de artistas convidados e duas dos selecionados via edital. Dentre os convidados estão: Rincon Sapiência, fazendo sua primeira aparição como artista plástico; Maria Thereza Alves; e a dupla Denise Ferreira da Silva e Arjuna Neuman. Já os escolhidos pelo edital são: o multi-artista DUDX e Augusto Leal, que teve uma de suas obras também expostas na Bienal de Arquitetura deste ano.
Cem anos modernos
MIS-SP
Até 28 de agosto, De terça a domingo, das 11h às 19h
R$ 30 
Com curadoria de Marcello Dantas e José Miguel Wisnik, a nova exposição do MIS convida o público a um intrincado e caótico passeio pelas reverberações da Semana de Arte Moderna na cultura brasileira ao longo do último século. De Anita Malfatti – pioneira modernista – a Anitta, a cantora brasileira que tem ganhado o mundo, a exposição reúne uma infinidade de artistas e obras das mais diversas linguagens para revelar um Brasil múltiplo, indomável, incoerente e, por vezes, contraditório. A ideia é convidar o público a explorar, em cada nova sala, essa vontade de ver e se apropriar de diferentes aspectos da cultura brasileira.

ROTA – Festival de Roteiro Audiovisual realiza sua sexta edição
Formato virtual
21 a 26 de junho
Grátis
O ROTA chega à sua sexta edição com palestras com roteiristas consagrados, debates sobre a prática da profissão, exibição de curtas-metragens e reuniões entre autores e importantes players do mercado audiovisual. Roteirista homenageada deste ano, Adriana Falcão (“A Grande Família”, “O Auto da Compadecida”) é um dos destaques da programação do Seminário. Ela ministra uma masterclass no dia 25, às 19h, com o tema “Voz do personagem”. Também estão agendados um bate-papo com Suzana Pires (“Sol Nascente”, “De Perto Ela Não É Normal”) no dia 24, às 19h. Os painéis serão transmitidos pela plataforma Zoom, com limite de participantes, para os inscritos na atividade. Outra atração com exibição online é a Mostra Competitiva de Curtas-Metragens: o público de casa poderá assistir gratuitamente, no site oficial do festival, à exibição dos 22 filmes selecionados. Serão premiados os vencedores escolhidos pelo Júri Oficial e pelo Júri Popular nas categorias Melhor Roteiro de Ficção e Melhor Roteiro de Documentário.
Opá Ossain, o mistério mítico
O documentário de Paulo Ferreira aborda um dos itans (histórias) de Ossain, orixá da herbologia, interpretado por Victor Santana (Alá Ifon), e que tem os segredos das folhas democratizados por Iansã, orixá da ventania. Dessa forma, reúne em entrevistas o babalorixá Ajalá Deré (Ruy Póvoas), a iyálorixá Darabi (Alba Cristina Soares), a ekédi Oyá Mojina (Saskya Lopes) e a enfermeira Diovania Braga. Refletindo sobre um olhar mítico para saúde, cura e tratamento, integrados à religiosidade do candomblé Ijexá.

WONDER!! Vem pra Barra Pesada
Teatro Sérgio Cardoso
24, 25 e 26 de junho, sexta e sábado, às 20h, e no domingo, às 19h
Grátis
A brilhante trajetória de muitas artes, vidas e afetos da saudosa artivista travesti paulistana Claudia Wonder (1955-2010), considerada um poderoso símbolo de luta e (re)existência da comunidade LGBTQIA+, é celebrada pela atuadora Wallie Ruy no espetáculo. Em cena também está a banda formada por Felipe Botelho, Amanda Ferraresi e NBKÊ. Reconhecida por suas letras bem politizadas e por criar performances extremamente impactantes, Claudia Wonder atuou no rock underground paulista, no cinema da pornochanchada, no teatro e na literatura, sempre intimamente ligada com as vivências da população LGBTQIA+.

Cia Pé no Mundo apresenta Fora da Caixa
Oficina Cultural Oswald de Andrade
Dia 21/06, terça-feira, às 19h30
Entrada Gratuita
É assim, revisitando pensares, coreografias e mirando novos horizontes que a Cia Pé no Mundo – formada por Cláudia Nwabasili e Roges Doglas – celebra seus representativos 10 anos de existência e resistência. Para marcar essa importante comemoração, artistas apresentam a videodança “Fora da Caixa – Repertórios Corporais”.

A Mulher da Casa Abandonada
Neste podcast narrativo da Folha, o repórter Chico Felitti investiga a história de vida de uma figura misteriosa. Uma mulher que mora em uma mansão em pandarecos em Higienópolis, um dos bairros mais ricos de São Paulo, e se apresenta como Mari. Mas Mari não é quem diz ser. Em uma apuração de seis meses que passa por uma praça de São Paulo, por um subúrbio de Washington e por uma empresa que faz foguetes e satélites para a Nasa, Chico descobre que por trás do nome inventado e de uma camada de pomada branca que passa na cara, Mari esconde a acusação de ter cometido nos Estados Unidos, vinte anos atrás, um crime hediondo. Essa pessoa escapou de um julgamento nos EUA e do FBI, e tem sua história contada pela primeira vez.

O país que perdeu as cores
A Companhia Barco lança a audiopeça que narra a história de um povo que perde todo seu colorido com a chegada do Novo Presidente, um político autoritário que queria tudo só para si. A peça, de criação coletiva e texto de Ana Paula Lopez, foi escrita ao longo dos últimos anos em que o Brasil se mostrou o próprio país que perdeu as cores: afundado em uma pandemia que se desdobrou em crises políticas, sociais, econômicas e humanitárias. O objetivo que move a realização dessa peça é, então, a eterna necessidade de discutirmos sobre aquilo que é comum a todos nós como cidadãos: qual é o projeto político de país que queremos para nós?
Salão do Livro Político 
Tuca Arena da PUC-SP
De 20 a 24 de junho (remoto e online)
O evento, que será no teatro  contará com um curso e mais de 15 mesas de debates sobre democracia na América Latina, literatura e gênero, ecologia etc. As palestras serão transmitidas ao vivo pelos canais de YouTube do Salão do Livro Político, da PUC-SP, da Boitempo, da Autonomia Literária e de algumas apoiadoras. Entre os convidados, os destaques são a ex-presidenta Dilma Rousseff, Glenn Greenwald, Manuela Dávila, Don L, Guilherme Boulos, Sonia Guajajara, Ricardo Antunes, Preta Ferreira, Fernando Morais, Elias Jabbour, Ladislau Dowbor, Valério Arcary, Juliane Furno, Luiz Bernardo Pericás, Josélia Aguiar, Jones Manoel, Sérgio Amadeu e Álvaro García Linera, vice-presidente da Bolívia entre 2006 e 2019, que participará da mesa de abertura “Resgatando a democracia na América Latina”, no Tuca. O evento contará também com lançamentos exclusivos e uma feira de livros com mais de 70 editoras independentes.
Oli Pães e Pizzas Artesanais 
Ingredientes cuidadosamente selecionados e produção artesanal dão o tom na cozinha da Oli. No empório e pizzaria, que funcionam em uma charmosa casa na Vila Madalena, é possível provar massas preparadas com levain, fermento natural de fermentação lenta. No menu do salão, brilham a focaccia recheada com creme de parmesão e abobrinha grelhada (R$ 72), a salada de alcachofras mix de folhas temperadas com molho pesto, tomatinhos confitados e croutons (R$ 45) e as clássicas burratas – da casa (R$ 68 inteira; R$ 48 meia) servida com pesto de manjericão caseiro e tomate confit. No cardápio de redondas, destaque para a 4 queijos artesanais (R$ 98,00) leva, além do molho de tomate caseiro, as variedades caccio cavallo, gorgonzola dolce, ricota e grana padano, junto de alface romana e noz pecan agridoce.
Art – Cozinha de Fusão
Um almoço de domingo na casa da vó. Cozinha criativa e de experiências. Feito por mulheres. Essa é a proposta afetiva do restaurante, criado em 2017 pela chef Glaucia Bollella, em seu próprio lar. Localizado a 20 minutos de São Paulo, aos pés da Serra da Cantareira, esse espaço-refúgio serve deliciosos almoços, somente aos sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 17h30. No preparo, os fundamentos da culinária familiar, com ingredientes regionais. O pão da casa, por exemplo, é uma receita de mais de 100 anos na família da chef; o Talharim Beatriz, que traz o nome de sua avó e é preparado exatamente como em sua infância. Um dos mais queridinhos; as Folhadas de Brie, com geleia de pimenta e pera finalizada em suco de limão siciliano chegam à mesa com manjericão da horta. Para beber, uma cerveja artesanal premiadíssima e produzida por mulheres. Uma cachaça vinda de um alambique local de 1890, fundado por Dona Léia e que, ainda hoje, é administrado por uma mulher da família. O hiratake é feito na cidade. E adivinha só? Plantado, cuidado, colhido e entregue por uma mulher. A água? Vem da mina e não cobram por ela.

Churrascada do Mar
A casa que nasceu a partir da Fazenda Churrascada abriu as portas no mês de abril e já é um sucesso. Em plena Rebouças, o lugar tem ambiente legal para ir em grupo – com espaço para crianças brincarem bem lindas. Um dos petiscos mais pedidos é o espetinho com uva verde, mas quem brilhou na mesa foi o polvo na brasa, a farofinha de banana e o tartar de atum. Ainda volto para provar mais delícias!

Publicidade
Fotos destaque:
Anelis Assumpção e Curumin por Caroline Bittencourt
Hermeto Pascoal por Christian DUCASSE/Gamma-Rapho via Getty Images
Luedji Luna por Rich Polk/Getty Images for The Latin Recording Academy
Conteúdo sob licença Creative Commons by nc-sa 2.5 br     |    
Política de privacidade     |    
Termos e condições de uso     |    
Solicitação de Remoção de Imagem

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.