'Altas Horas' volta com a plateia e reúne nomes do axé, sertanejo e pop rock – O Planeta TV

Anavitória, Daniel, É o Tchan!, Roupa Nova e Tiago Abravanel são os convidados deste sábado, dia 02.

Daniel. Foto: Globo/Divulgação

O ‘Altas Horas’ deste sábado, dia 02, reúne referências do axé, sertanejo, pop rock e nomes contemporâneos da música brasileira. Serginho Groisman recebe Anavitória, Daniel, É o Tchan!, Roupa Nova e Tiago Abravanel para compartilharem histórias curiosas da carreira e vida pessoal. Outro destaque é o marco do retorno da plateia, que dá um tom mais participativo ao programa, já que o público pode interagir e fazer perguntas aos convidados. “A volta da plateia é algo mágico! Parece uma estreia e todos sentem isso. É a primeira fase, com metade da capacidade e todos de máscara, mas fez uma incrível diferença!”, comemora Serginho.
A participação de Anavitória acrescenta uma atmosfera pop folk ao musical cheio de energia e romântico dos demais artistas ao apresentar “Pupila” e “Amarelo, Azul e Branco”. Também contam a história da dupla e o surgimento no nome. “O Felipe Simas (empresário artístico e produtor executivo) viu um vídeo nosso e convidou a gente para vir a São Paulo gravar alguma coisa e ver no que poderia dar, e já chegou sugerindo “pensei que o nome pode ser Anavitória, o que acham?”, e aí achamos lindo, super diferente”, conta Ana Caetano.
Serginho aproveita o assunto e estende a pergunta sobre a ideia do nome à Roupa Nova. Sergio Herval explica: “No começo tínhamos uma banda de baile, e o Mariozinho Rocha (produtor musical) disse que daria uma roupa nova para a banda, e nós tocávamos ‘Roupa Nova’, de Milton, foi aí que o nome ficou. No começo estranhamos um pouco”. O grupo fala ainda, com emoção, sobre a morte do integrante Paulinho: “Para o Roupa Nova significou a perda de um familiar, para mim foi de um amigo e ídolo”, dimensiona Fábio Nestares, que substituiu Paulinho. A banda apresenta “A Força do Amor”, além de “Sapato Velho” e “Show de Rock and Roll” ao lado de Daniel.
E, por falar em Daniel, o cantor que completa 40 anos de carreira reforça o clima romântico ao cantar “Estou Apaixonado”, e fala sobre a descoberta do talento para a música: “Comecei a cantar com 4 ou 5 anos de idade, e quem sempre me apoiou foi o meu pai. Ele me levava nos lugares, em reuniões de família, festas de aniversário, e me incentivava a cantar, mas nunca falou para eu seguir a carreira musical. Foi algo que foi acontecendo de forma natural”, diz.
É o Tchan! participa representado por Beto Jamaica e Compadre Washington, que embalam a plateia e convidados com a energia dos hits dos anos 90, como “Dança da Cordinha” e “Pau Que Nasce Torno/Melô do Tchan”, além do lançamento “Encaixadinha”. Tiago Abravanel acrescenta ao repertório baiano “Tempo de Alegria”, de Ivete Sangalo, junto da Banda Altas Horas, e homenageia Marília Mendonça com “Supera”. O cantor também traz a experiência em participar do Big Brother Brasil: “Foi intenso e especial poder me conectar com meus medos, angústias e frustrações, mas também com minhas vontades e alegrias. As pessoas que me conhecem viram que eu fui de coração aberto. Ali dentro eu queria viver intensamente […], e pude me conectar e acreditar no que está dentro de mim”, declara.
O ‘Altas Horas’ tem apresentação e direção geral de Serginho Groisman, direção de Adriana Ferreira e vai ao ar aos sábados depois de ‘Pantanal’.
Postado em Bastidores Altas Horas Anavitória Daniel É o Tchan Roupa Nova Serginho Groisman Tiago Abravanel
Comunicar Erro Postar Comentário
25,8 pontos
Com jogo do Corinthias, Globo vai bem com transmissão da Copa do Brasil.
6,4 pontos
Deu ruim! "Jornal da Globo" registra recordes negativos.
Qual deve ser a melhor novela de 2022?

source

Deixe uma resposta