Amapá celebra o 27º campeão de 2022 e lista de Estaduais é fechada em 25 de julho – Cassio Zirpoli

por | jul 25, 2022 | Nacional, Náutico, Nordeste, Pernambuco | 2 Comentários
Trem x Independente no Amapazão
O estado do gramado na última final estadual do país. Imagem: Rádio Mais Macapá/reprodução.
No estádio Zerão, com a linha central separando os hemisférios norte e sul, o Trem de Macapá venceu o Independente de Santana nos pênaltis e conquistou o título amapaense de 2022, sendo o último campeonato estadual da temporada a acabar. Devido ao rigoroso período chuvoso nos primeiros meses do ano por lá, o “Amapazão” tem a licença da CBF para ocorrer fora do período estabelecido no calendário oficial do futebol, começando quase sempre entre abril e maio.
Mesmo assim, uma chuva torrencial paralisou a decisão em 25 de julho por quase uma hora, com o gramado encharcado até o fim. Após dois empates, com 2 x 2 na ida e 1 x 1 na volta, o rubro-negro da capital fez 9 x 8 nas penalidades e levou levou o bicampeonato. Ao todo, foi o 7º título do clube, sendo o 5º na era profissional. Desta forma, o jogo no Norte definiu a lista com os 27 campeões estaduais de 2022, com todos classificados à Copa do Brasil de 2023.
Com a adição do Trem, o número de campeões repetidos neste ano chegou a 14, de bi a hepta. É bastante coisa. A seguir, então, veja a lista completa com os últimos campeões estaduais, com alguns destaques nordestinos, como o Náutico faturando o bi após vinte anos, o tetracampeonato do Fortaleza e a nova festa do surpreendente Atlético de Alagoinhas, o primeiro time do interior baiano a ganhar o campeonato local por dois anos seguidos.
Curiosidades sobre os campeões estaduais de 2022
1) Neste ano foram apenas duas “estreias” no rol dos campeões. Humaitá do Acre e Fluminense de Piauí venceram os respectivos campeonatos estaduais pela primeira vez. No ano passado foram cinco campeões inéditos.
2) Sobre os clubes com mais títulos estaduais na história, a lista deste ano conta com ABC de Natal (57 vezes; recorde mundial num mesmo torneio), Remo de Belém (47 vezes), Atlético Mineiro (47 vezes) e Fortaleza (45 vezes).
3) Atualmente, a maior sequência de títulos em vigor pertence ao São Raimundo, de Roraima, campeão pela 7ª vez. Heptacampeão.
4) O Operário de Campo Grande voltou a ser campeão sul-mato-grossense após quatro anos. Foi o 12º título no estado. Porém, num caso raro, o clube também tem 4 títulos do Mato Grosso, antes da divisão territorial em 1979 – o outro caso é o rival Comercial, com 9 taças do MS e 1 do MT.
Ordem cronológica dos campeões estaduais de 2022 (e o nº de títulos de cada um)
1º) 02/04 – AM – Manaus (5º), o primeiro a acabar
1º) 02/04 – MT – Cuiabá (11º; bi)
1º) 02/04 – GO – Atlético (16º)
1º) 02/04 – MG – Atlético (47º; tri)
1º) 02/04 – RS – Grêmio (41º; penta)
1º) 02/04 – SC – Brusque (2º)
1º) 02/04 – RJ – Fluminense (32º)
8º) 03/04 – PR – Coritiba (39º)
8º) 03/04 – SP – Palmeiras (24º)
10º) 06/04 – PA – Remo (47º)
11º) 09/04 – DF – Brasiliense (11º; bi)
11º) 09/04 – SE – Sergipe (37º; bi)
13º) 10/04 – BA – Atlético (2º; bi)
13º) 10/04 – TO – Tocantinópolis (5º; bi)
15º) 13/04 – AL – CRB (32º)
15º) 13/04 – RN – ABC (57º)
15º) 13/04 – AC – Humaitá (1º)
18º) 20/04 – MA – Sampaio Corrêa (36º; tri)
19º) 24/04 – CE – Fortaleza (45º; tetra)
19º) 24/04 – MS – Operário (12º)
21º) 30/04 – PE – Náutico (24º; bi)
21º) 30/04 – PI – Fluminense (1º)
23º) 04/05 – ES – Real Noroeste (2º; bi)
23º) 04/04 – RR – São Raimundo (13º; hepta)
25º) 15/05 – RO – Real Ariquemes (3º)
26º) 21/05 – PB – Campinense (23º; bi)
27ª) 25/07 – AP – Trem (7º; bi)
Leia mais sobre o assunto
Atlético de Alagoinhas vence fora outra vez e é bicampeão baiano, recorde no interior
ABC chega a 57 títulos no Rio Grande do Norte e segue como o “maior campeão do mundo”
Sem susto, Fortaleza é tetra no Cearense e eleva expectativa pela edição de 2023
Náutico supera expulsão, vence Retrô 2x no dia e é bicampeão estadual após 20 anos
Bi do Campinense na PB define a composição da Copa do Nordeste de 2023, com 36 clubes

!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0],p=/^http:/.test(d.location)?’http’:’https’;if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=p+”://platform.twitter.com/widgets.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,”script”,”twitter-wjs”);

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.