Artista curitibano inaugura exposição de arte nos EUA – Correio do Litoral

Correio do Litoral – Notícias do Litoral do Paraná
A mostra “Fractions of a Part” (“Frações de uma Parte”), do artista visual brasileiro, de Curitiba, Guilherme Lepca, reúne 30 quadros em diferentes dimensões e homenageia o casal de fundadores da The New York Pops Orchestra, no Carnegie Hall (NY), e da The Silo Gallery, Ruth e Skitch Henderson.
Por Edilma Duarte
Retomando a agenda criada por Ruth Henderson, nos anos 70, a The Silo Gallery reabre espaço para residência artística nos EUA. Convidado por Alessandro Piovezahn, diretor-presidente do complexo histórico conhecido como The Silo, na Hunt Hill Farm, o brasileiro Guilherme Lepca é o primeiro residente de 2022 e abre as comemorações dos 50 anos da galeria.
Artista visual, formado em design gráfico pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), ex-aluno do professor, crítico de arte e artista visual, Fernando Bini, e há cerca de dez anos à frente do Smart Diseños (smartdisenos.com), estúdio de criação que engloba várias linguagens da comunicação como a ilustração, animação, filme, roteiro e áudio, além do design, Lepca trabalha com a colagem e uma técnica mista de mídias (mixed-media) que junta desenho, marcadores, materiais diversos.
Desde 2008 o artista vem se dedicando a ilustração editorial para revistas. Em 2010 exibiu produções pessoais junto com peças feitas originalmente para publicações de grande circulação no Brasil, EUA, Israel, Itália e México. Em 2014 viajou por vários países da América do Sul com a exposição intitulada “O Espaço entre Nós”.
Com a colagem, Lepca chegou ao mundo da moda. Convidado, expos seus trabalhos no Fashinnovation, um circuito de arte dentro da New York Fashion Week. Já em 2021, fez sua primeira residência artística nos EUA, a convite da The Silo Gallery. A produção do período resultou em uma série de obras que compuseram a mostra “The Blight”. O artista fez um paralelo entre a pandemia de coronavírus, que ainda estava no auge, com uma praga que quase extinguiu as castanheiras da América do Norte. O patógeno,Cryphonectria parasitica, chegou em um navio, em 1900 e, rapidamente, se espalhou pelo país.
“Fractions of a Part”
Primeira mostra de grande proporção em sua carreira, “Fractions of a Part” marca uma fase importante para o artista. Segundo ele, até então, não havia conseguido conciliar tão bem a arte em sua vida. E dessa vez, afirma, mesmo mantendo a agenda do seu estúdio no Brasil, conseguiu focar no trabalho de criação.
Lepca diz gostar de contar histórias pessoais, do que está sentindo e vivendo no momento em que produz. Entretanto, para compor o quadro que homenageia Ruth e Skitch Henderson, partiu de uma fotografia datada de 1968, ano em que o casal chegou à Hunt Hill Farm e optou por uma imersão literal no universo deles. Circulou por todos os espaços, envolveu-se no dia a dia do lugar e montou seu estúdio no mesmo lugar onde Skitch trabalhava ao piano e em que ele desenvolveu o conceito da New York Pops. O mesmo local que, há 19 anos (2003), tornou-se o primeiro museu de música americana afiliado do Smithsonian, o maior complexo de museus, educação e pesquisa do mundo.
Hunt Hill Farm
Hunt Hill Farm é um patrimônio histórico estadual localizado em um ambiente rural a cerca de 5 km ao norte do centro de New Milford, e a 90 minutos de New York. Sua combinação de áreas verdes preservadas com o aglomerado histórico inclui três casas, construídas entre 1760 e 1836, um museu, uma galeria de artes, vários celeiros, estábulos e quatro silos circulares. A história da fazenda (farm) remonta ao início do século XVIII. Comprada pelos Hendersons em 1968 a propriedade foi adaptada por eles que inicialmente residiam em New York. Todavia, apaixonados pela beleza da região, acabaram optando por fixar residência na Hunt Hill. Fizeram do lugar um oásis cercado de belos jardins e morada de variadíssimas espécies de pássaros. Até a morte, em 2005, do compositor, maestro e pianista Stick Henderson, que também foi diretor musical do programa Tonight Show desde a sua criação (atualmente o programa é comandado por Jimmy Fallon), e de Ruth, em 2014, o The Silo recebia artistas, como Liza Minelli e Frank Sinatra, músicos, intelectuais e celebridades do país.
Anterior

Próximo

Festival celebra cultura, arte e história da mulher negra
Polícia Civil de Guaratuba incinera 194kg de entorpecentes
Diocese de Paranaguá realiza encontro para comemorar 60 anos 
Avenida Portuária será interditada para instalação de passarela
Estudantes realizam evento “Cultura Periférica” em Matinhos
Neste sábado é o Dia D de todas as vacinas
Receba nossas notícias

source

Deixe uma resposta