Gazeta lança coleção de livros com clássicos reimaginados – GAZ

Não tem uma conta? Assinar Gazeta
Leia a Gazeta Digital
Era uma Vez no Reino Grande do Sul é realizada em parceria com a Editora Gaúcha. Assinantes poderão adquirir com desconto
Foto: Rafaelly Machado
Junto com Amanda Costa, Rodrigo Keller é autor da coleção de livros que faz uma releitura regional de 14 contos de fadas
Por meio de parceria com a Editora Gaúcha, a Gazeta Grupo de Comunicações lança de forma exclusiva para o interior do Rio Grande do Sul uma coleção de releituras dos clássicos da literatura mundial. Composta por 14 contos de fadas reimaginados na cultura gaúcha, a coleção Era uma Vez no Reino Grande do Sul terá seu primeiro volume disponível no próximo fim de semana. No sábado, dia 4, chega aos pontos de venda o título Os Músicos de Bagé, inspirado na fábula alemã Os músicos de Bremen, da obra editada pelos Irmãos Grimm.
A cada semana um novo colecionável será lançado com histórias ilustradas. Conforme a gerente de Marketing da Gazeta, Luciana Valentini, a proposta veio dos escritores Rodrigo Keller e Amanda Costa, autores da coleção. “Fizemos recentemente uma pesquisa com os leitores e identificamos que as famílias sentem necessidade de incentivar seus filhos para que criem o hábito da leitura. Já temos alguns projetos bem importantes como o Repensar, mas não havia um incentivo direto à leitura de público infantil e infantojuvenil”, explica.
LEIA TAMBÉM: Clube de Leitura da Livraria Iluminura quer resgatar o prazer de ler juntos
O objetivo principal, de acordo com Luciana, é o incentivo à leitura de um público nesta faixa etária, além de proporcionar um momento a ser compartilhado por toda a família. “É uma releitura dos contos clássicos com uma roupagem toda especial da nossa terra. A experiência que a coleção traz é muito rica.” O lançamento dos demais títulos será semanal, ocorrendo sempre aos sábados.
A coleção seria lançada inicialmente no ano passado, mas acabou sendo adiada por conta da pandemia, de acordo com o autor Rodrigo Keller. “As histórias se passam em lugares do Rio Grande do Sul. A coleção tem essa diversidade de histórias, são clássicos que já foram adaptados muitas vezes, mas pegamos uma história que é de domínio público e trouxemos para a cultura do Estado, não só a tradicionalista, mas de todos os gaúchos.”
Todos os títulos da coleção abraçam elementos da cultura regional. Previsto para ser lançado no Dia da Criança, Palinha Vermelho é inspirado na história da Chapeuzinho Vermelho. A narrativa se passa em Santa Cruz do Sul e por isso conta com uma música em ritmo de bandinha alemã. A história italiana do Pinóquio se transforma em Um Piá de Madeira e se passa no Litoral gaúcho. Já João e Maria se tornaram Joca e Marina, na história que acontece em Pelotas, por causa dos doces.
LEIA TAMBÉM: O que ler para conhecer melhor o Afeganistão
Cada exemplar unitário do livro custa R$ 32,00. No entanto, os assinantes da Gazeta do Sul poderão adquirir os exemplares da coleção com desconto, por R$ 20,00, na Casa de Clientes Gazeta (esquina das ruas Ramiro Barcelos e Tenente Coronel Brito) e na Livraria do Beco (Rua Albano Rech, 100). Assinantes que forem até a Livraria do Beco podem utilizar o aplicativo da Gazeta para acessar o cartão virtual do assinante. Não assinantes comprando a edição da Gazeta do fim de semana junto com o livro, direto nos pontos de venda, pagam R$ 25,00. A coleção completa, que custaria R$ 448,00, sai por R$ 280,00 para os assinantes.
Além da coleção contar com personagens, linguajar e cenários do Rio Grande do Sul, haverá destaque para as músicas típicas da região no material que apoia a experiência de leitura. Isso porque cada livro terá dois QR Codes, direcionando para links no YouTube de um audiobook e uma música. As canções foram compostas por músicos de orquestra e abrangem diversos ritmos do Rio Grande do Sul, como reggae, blues, rock e bandinha, além da música tradicionalista. O código com a canção de cada livro será disponibilizado na Gazeta do Sul para que os leitores façam uma degustação do conteúdo. Outra inovação será um box especialmente decorado para guardar os livros que será presenteado a quem adquirir a coleção completa.
LEIA TAMBÉM: Felipe Braun recupera a história do povo alemão em livro bilíngue
LEIA TAMBÉM: Bráulio Bessa será o patrono da Feira do Livro de Venâncio Aires
Veja mais de Cultura e Lazer
Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.