Jecson Agra: Um historiador que virou cantor de rock – Blog do Didi Galvão

O nome é de pop star: Jecson. E a música foi a escolha do coração desse artista que é de Parnamirim, sertão de Pernambuco. Jecson Agra é professor de História. Aos 35 anos, se apaixonou cedo pela música e pelos instrumentos musicais. Começou a tocar aos 15, e cantar veio por tabela, aos 16 anos, se apresentando em barzinhos de sua terra natal.
A música de forma profissional, aconteceu em 2009 numa das mais tradicionais festas da região: a festa de julho de Parnamirim. De lá, conquistou outros palcos em Salgueiro, Ouricuri, Trindade, Ipubi, Araripina, Juazeiro da Bahia e Petrolina. Em meio aos ritmos nordestinos, ele escolheu o seu estilo, o rock. “Em casa eu ouvia todos os ritmos desde criança, mas quando escolhi um caminho na música, escolhi o rock. Sempre me inspirei em Raul Seixas, Engenheiros do Hawaii, Jimi Hendrix, The Fevers e muitos outros artistas e grupos que imortalizaram o rock,” conta Jecson.
Morando há pouco tempo em Petrolina, ele começa a cumprir agendas em barzinhos muito frequentados da cidade. E tem planos de subir nos grandes palcos da cidade na primeira oportunidade que a vida lhe apresentar. Além do estilo musical que escolheu para trabalhar, a música sempre fez parte da sua rotina. “Quando não estou tocando gosto de ouvir, Blues,  Country, Forró Pé de Serra, música instrumental. Amo música. Está no meu DNA,” concluiu o músico.
Um pouco do trabalho de Jecson está disponível em@jecson_agra, no Instagram.
Maria Lima/Assessora de Imprensa

source

Deixe uma resposta