Jefferson Moraes avalia hits sertanejos: “Não dou conta de ouvir” – Metrópoles


30/06/2022 17:58,atualizado 30/06/2022 21:23
Jefferson Moraes era apenas um menino quando começou a investir na carreira de cantor. Aos 11 anos, ele compôs a primeira letra e com 13 já se apresentava em bares de Londrina (PR). Agora, aos 29 anos, ele lança o novo álbum e DVD, Quem Não Chora Faz Bico, que tem o modão como essência, mas também resgata estilos sertanejos que fazem parte da história do cantor. 
O álbum começou a ser lançado no fim de 2021 e deve estar completamente disponível nas redes sociais e streamings musicais até o começo de outubro. Entre as músicas divulgadas, Jefferson destaca a parceria com Guilherme & Benuto, Última Satisfação, que conta com mais de 1,3 milhões de players no YouTube. 
Jefferson Moraes gravou o DVD em 2021 Foto: Divulgação
O cantor inclui composições autorais no álbumFoto: Instagram/Reprodução
Ele convidou diversos artistas para a gravaçãoFoto: Instagram/Reprodução
O DVD foi gravado com todos os protocolos de segurança Foto: Instagram/Reprodução
As músicas estão sendo lançadas nas redes sociais Foto: Instagram/Reprodução
E o álbum completo deve estar disponível em até três mesesFoto: Instagram/Reprodução
Jefferson Moraes bateu um papo com nossa equipe para falar da carreira, novo álbum e analisar o cenário sertanejo. Confira a entrevista completa no vídeo: 

“São números que fazem a gente acreditar demais no projeto. A música que a gente está mais acreditando é essa música com Clayton & Romário, Coração que manda, que tem uma pegada mais para tocar nas baladas”, pontua o artista. O lançamento em questão conquistou quase 400 mil players em pouco menos de 15 dias. 

Nesta quinta-feira (30/6), Jefferson Moraes volta a uma das casas sertanejas que marcaram sua trajetória para apresentar parte do DVD Quem Não Chora Faz Bisco. Ele se apresenta no Villa Country, em São Paulo, e adianta ao Metrópoles como se sente em subir a esse palco novamente. 
“Me sinto em casa ali. Meu DVD da (música) Beber Com Emergência, que tinha tocado muito, a gente fez o lançamento no Villa Country. Foi um show bem especial, que fiz sozinho e consegui encher o lugar. Ali virou um lugar muito especial para mim.”
Na conversa, Jefferson ainda ponderou que considera o cenário sertanejo atual poluído. “Gosto demais de algumas duplas, mas têm músicas que não dou conta de ouvir”, pontuou. Ele aproveitou ainda para dar um exemplo de artista de sucesso, mas não que faz bem o estilo dele.
“Tem uma pessoa que hoje eu entendo porque é gigante. O Zé Felipe descobriu a essência dele, sempre cantou sertanejo e é apaixonado, mas agora canta o que faz barulho de verdade para ele. Não é o tipo de música que eu gosto de ouvir em casa, mas é o tipo de música que gosto de colocar no show.”
Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos.
Gestor da Escola Classe SRIA, no Guará, diz ter recebido comunicado extraoficial sobre a mudança para a Estrutural
Policiais perceberam que o criminoso espalhou borra de café entre o chão e o batente das portas na tentativa de esconder o cheiro do cadáver
Muitos pedidos por petiscos e ganho de peso são alguns indícios comportamentais de que o pet é guloso
Conheça os signos do zodíaco que mais guardam dinheiro e veja se o seu é um deles

Todos os direitos reservados

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.