Marcos revela bastidores do penta e brinca com dois jogadores: “Me irritava” – Torcedores.com

Torcedores – Notícias Esportivas
CBF promoveu reencontro dos atletas que foram campeões na Copa do Mundo de 2002 realizada na Coreia/Japão
Por Cido Vieira Cido Vieira
Categoria:
Compartilhe
Crédito: Reprodução
Convidado do podcast “Podpah” ao lado do capitão do penta Cafu, o ex-goleiro Marcos contou algumas resenhas de bastidores no Mundial de 2002, conquista esta que completou 20 anos nesta semana, e até hoje é lembrada pelos brasileiros com carinho.
Em um dos momentos, Marcos disse que os companheiros de penta Vampeta e Edílson Capetinha costumavam dar trabalho na concentração. O sossego era mínimo com a dupla baiana, que gostava de arriscar como músicos.
“Você acorda um dia com dor de cabeça, cansado… Aí você encontra o Vampeta e o Edilson batendo tantã na sua cabeça”, iniciou Marcos em tom de brincadeira. “Imagina, 50 dias assim. Cinquenta, porque aqueles dois baianos não tinham um dia de tristeza naquela desgraça! Não tinha tristeza” prosseguiu o goleiro do penta.
“Todo dia os caras estavam felizes. A alegria deles me irritava! Pelo amor de Deus! E o repertório? Todo dia a mesma p**** de música, porque não tem tanta música pra 50 dias. Eu imagino o Rogério [Ceni] sofrendo no pagode…”, brincou Marcos, titular absoluto na campanha do título na Copa do Mundo de 2002.
Sobre os 20 anos do penta🏆🇧🇷
Simplesmente o capitão e o goleiro do penta! Aí tem titulo hein?
Dois caras INCRIVELMENTE DIVERTIDOS e gente boa! Resenha tem de sobra nessa dupla, principalmente o @MarcosGoleiro12 😂#PENTA #CopaDoMundo #SelecaoBrasileira #Cafu #Marcos #podpah pic.twitter.com/8cEV4pbYAv
— Nowhere Boy 🇸🇰🎲🌊🍞 (@ericshinjo1910) July 2, 2022

Ainda segundo Marcos, poucos atletas que estiveram no penta de 2002 ficaram de fora do evento realizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na última quinta-feira (30). Entre as ausências estiveram Kaká, Rogério Ceni, Ronaldinho Gaúcho e o técnico Luiz Felipe Scolari. A emblemática conquista do Brasil há duas décadas foi a última do escrete nacional em Copas.
Por flsouza01@gmail.com

1
Por rafael.brayan@hotmail.com

1
Por Luciano Ferreira

1
Por eder.bahute

1

source

Deixe uma resposta