Oito grandes vozes do Agreste – Nova Escola

Este conteúdo é gratuito, entre na sua conta para ter acesso completo Cadastre-se
Compartilhe:
Jornalismo
PorAndressa Pellanda
02/09/2014
Compartilhe esse conteúdo:

Alceu Valença
Quem é: Alceu Paiva Valença (São Bento do Una, 1 de julho de 1946) é um cantor e compositor brasileiro. Seu disco de estreia foi gravado em parceria com Geraldo Azevedo. Nasceu no interior de Pernambuco, nos limites do sertão com o agreste. Influenciado pelos maracatus, cocos e repentes de viola, Alceu mesclou a guitarra com baixo elétrico e, mais tarde, com o sintetizador eletrônico nas suas canções.
Disco mais representativo: Coração Bobo (1980)
Por que é fundamental ouvi-lo: foi o disco que trouxe a música de mesmo nome, que estourou pelas rádios de todo o país, levando o nome do cantor para o público. A partir de então, fez turnê ao lado de Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Elba Ramalho, em 1996, com o famoso show O Grande Encontro.
O que faz atualmente: lançou dois álbuns, Amigo da Arte (2014), com um repertório a base de frevos, cirandas e maracatus, e Valencianas (2014), gravado em parceria com a Orquestra de Ouro Preto.

Fagner
Quem é: Raimundo Fagner Cândido Lopes, conhecido como Fagner (Orós, 13 de outubro de 1949) é um cantor, compositor, instrumentista, ator e produtor brasileiro.
Disco mais representativo: Manera Fru Fru, Manera (1973)
Por que é fundamental ouvi-lo: o álbum de estreia do cantor cearense reunia as qualidades que até hoje pontuam sua obra – o vocal rasgado e a mescla de pop com cancioneiro nordestino.
O que faz atualmente: lançou o disco Pássaros Urbanos e gravou ao vivo um show ao lado de Zé Ramalho que deve virar CD e DVD.

Zé Ramalho
Quem é: José Ramalho Neto, (Brejo do Cruz, 3 de outubro de 1949), mais conhecido como Zé Ramalho, é um cantor e compositor brasileiro. É primo da cantora Elba Ramalho.
Disco mais representativo: Zé Ramalho (1978)
Por que é fundamental ouvi-lo: foi o primeiro trabalho-solo do cantor e compositor paraibano, que já tinha um grande currículo: integrara a banda de Alceu Valença e participara de Paêbirú, lendário disco psicodélico gravado em parceria com o cantor Lula Cortes. Zé Ramalho casa seu estilo de cantador com faixas inspiradas no rock psicodélico.
O que faz atualmente: sem lançar material inédito desde 2012, realizou um show junto com Fagner que poderá se tornar CD e DVD ao vivo.

Elba Ramalho
Quem é: Elba Maria Nunes Ramalho (Conceição, 17 de agosto de 1951) é uma cantora e atriz brasileira. Recebeu da Associação de Críticos de Arte de São Paulo prêmio de “Melhor Show do Ano”, em duas ocasiões: em 1989 pelo show Popular Brasileira e em 1996, pelo show Leão do Norte.
Disco mais representativo: Alegria (1982)
Por que é fundamental ouvi-lo: a voz aguda (e em outros momentos estridente) da cantora está no seu melhor, e o repertório traz o fino da composição nordestina, equilibrando os então relativos novatos Zé Ramalho e Alceu Valença com músicas da dupla Atônio Barros e Cecéu – entre elas os hits Bate Coração e Amor com Café.
O que faz atualmente: está em turnê nacional com o espetáculo Cordas, Gonzaga e Afins, que provavelmente vai virar DVD. Deve lançar um disco até o fim do ano.

Moraes Moreira
Quem é: Antônio Carlos Moreira Pires, (Ituaçu, 8 de julho de 1947), mais conhecido como Moraes Moreira, é um cantor, compositor e músico brasileiro, ex-integrante do grupo Novos Baianos e que hoje segue carreira solo.
Disco mais representativo: Lá vem o Brasil Descendo a Ladeira (1979)
Por que é fundamental ouvi-lo: é o trabalho que consolidou o talento de Moraes Moreias como compositor-solo e o que alcançou melhores resultados comerciais. Muito calcado no samba, nele Moreira tem parcerias memoráveis com Pepeu Gomes – seu ex-companheiro no grupo Novos Baianos -, Jorge Mautner e Fausto Nilo.
O que faz atualmente: excursiona com o filho, Davi Moraes, numa turnê que celebra os quarenta anos de Acabou Chorare, clássico dos Novos Baianos.

Geraldo Azevedo
Quem é: Geraldo Azevedo de Amorim (Petrolina, 11 de janeiro de 1945) é um compositor, cantor e violonista brasileiro. Autodidata, aos 12 anos de idade já tocava violão. Iniciou sua trajetória musical quando, aos 18 anos, mudou-se para Recife a fim de estudar, onde conheceu Teca Calazans, cantora, Naná Vasconcelos, percussionista, Marcelo Melo e Toinho Alves que faziam parte do grupo folclórico Construção ao qual juntou-se.
Disco mais representativo: Bicho de Sete Cabeças (1979)
Por que é fundamental ouvi-lo: é a obra de maior sucesso comercial do cantor e compositor que casou a cantoria nordestina com a bossa nova. Traz pelo menos três grandes sucessos: a faixa-título, cantada em dueto com Elba Ramalho, Taxi Lunar, que junta Elba e Amelinha (então mulher de Zé Ramalho) nos vocais de apoio, e a melhor versão já gravada de Paula e Bebeto, parceria de Milton Nascimento e Caetano Veloso.
O que faz atualmente: está preparando um disco de composições inéditas e um DVD de frevo, em comemoração aos seus 70 anos, que completa em 2015.

Belchior
Quem é: Antônio Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes, conhecido como Belchior (Sobral, 26 de outubro de 1946), é um cantor e compositor brasileiro. Foi um dos primeiros cantores de MPB do nordeste brasileiro a fazer sucesso nacional, em meados da década de 1970.
Disco mais representativo: Alucinação (1976)
Por que é fundamental ouvi-lo: é o disco que consolidou sua carreira, lançando canções de sucesso como Velha roupa colorida, Como nossos pais, que depois foram regravadas por Elis Regina e Apenas um rapaz latino-americano.
O que faz atualmente: Em 2009 e 2012, houve boatos de que o compositor havia desaparecido, mas que foram desmentidos pelo próprio cantor, dias depois, em ambas as ocasiões.

Ednardo
Quem é: José Ednardo Soares Costa Sousa, cujo nome artístico é Ednardo (Fortaleza, Ceará, em 17 de abril de 1945) , é um cantor e compositor brasileiro.
Disco mais representativo: Massafeira (1980)
Por que é fundamental ouvi-lo: disco gravado com diversos intérpretes, ele foi produto do movimento de mesmo nome no Ceará, lançado durante a Ditadura Militar.
O que faz atualmente: possui projeção internacional, sendo suas músicas tocadas em vários países da América Latina, Europa e EUA.
Mais lidas da semana
A anos ou há anos: qual a diferença?
Qual a diferença entre "nada a ver" e "nada haver"?
Os dez melhores planos de aula para Educação Infantil
O que é a Aprendizagem Baseada em Projetos e como ela pode ser usada na recomposição de aprendizagens
Educação Infantil: 6 planos de aula para trabalhar os campos de experiência da BNCC
Relacionadas
Últimas notícias
Alfabetização
Gênero textuais para usar na alfabetização
Entenda como escolher os textos que são usados em sala de aula e três sugestões para explorar o campo de atuação da vida cotidiana
Clima escolar
Clima escolar: como fazer a mediação de conflitos e adotar ações efetivas de prevenção ao bullying
Durante os esforços de recomposição de aprendizagens, é fundamental cuidar da saúde emocional dos estudantes e criar estratégias para melhorar a convivência
Recomposição de aprendizagens
Como Sobral (CE), cidade destaque em alfabetização, está organizando o trabalho no pós-pandemia
Conhecido pela qualidade de sua educação, o município desenvolve uma série de ações que podem inspirar escolas de outras regiões na gestão do processo de recomposição de aprendizagens
Direito e Educação
Sistema Nacional de Educação: mecanismo para enfrentar os impactos da pandemia e os desafios estruturais
Em debate no Congresso Nacional, o SNE é urgente para garantir o direito à Educação de crianças e jovens.
Metodologias ativas
Como colocar em prática a Aprendizagem Baseada em Projetos?
Conheça as etapas fundamentais desta metodologia ativa e as experiências de professores que a desenvolveram com suas turmas
Para se informar
Para aplicar em aula
Para se capacitar
Mais conteúdos
Newsletter
A Nova Escola
Transparência
Redes sociais
Associação Nova Escola © 2021 – Todos os direitos reservados.

source

Deixe uma resposta