Qualicorp apoia musical que celebra trajetória de cantoras pretas brasileiras – ABCdoABC

Crédito: @predrivo
A Qualicorp, a maior plataforma de escolhas de planos de saúde do Brasil, é uma das empresas apoiadoras do espetáculo “Vozes Negras – A Força do Canto Feminino”, a primeira série de teatro musical do Brasil. A temporada vai até o dia 7 de agosto, no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo.
O apoio cultural faz parte do compromisso da Quali com a diversidade e a inclusão. Desde outubro de 2020, a empresa consolidou suas diretrizes sobre o tema no programa Qualiplural, que visa proporcionar um ambiente seguro, respeitoso e acessível a todos os seus colaboradores.
Com foco em uma gestão humanizada, as ações de inclusão levaram a um aumento no quadro de pessoas negras e pardas, que representam hoje 33% do número de funcionários da Quali. Para incentivar a participação, o grupo interno de afinidade para equidade racial Multitude, que discute iniciativas para fortalecer a diversidade e inclusão na empresa, ganhou um número de ingressos para assistir ao show.
“A Quali é uma empresa que acredita, valoriza e respeita as diferenças. Acreditamos no potencial de cada um independente de gênero, raça, idade, religião, classe social, orientação sexual ou qualquer outra característica. Enxergamos qualidade nas diferenças e as diferenças como uma qualidade”, declara Anna Rachel Firmo, Gerente de Diversidade e Inclusão na Qualicorp.
O espetáculo “Vozes Negras – A Força do Canto Feminino” tem seis episódios independentes, apresentados ao longo de seis semanas. O projeto apresenta temas sobre feminismo negro e o papel das cantoras e compositoras negras na história da música no Brasil.
Serão homenageados nomes importantes da trajetória da música popular brasileira, como as artistas Carmen Costa e Elizeth Cardoso (em A Era de Ouro do Rádio), Clementina de Jesus e Dona Ivone Lara (em Samba, Terreiro e Ancestralidade), Dolores Duran e Alaíde Costa (em Samba-Canção e Bossa Nova), Alcione e Elza Soares (em Do Samba ao Jazz, Sem Limites), Margareth Menezes e Sandra de Sá (em Do Soul ao Afropop) e Tati Quebra Barraco, Iza e Ludmilla (em Novas Gerações).
A temporada paulista ainda contará com a participação especial de Djamila Ribeiro, Jurema Werneck e Flavia Oliveira, entre outros, em celebração ao legado das grandes divas da música. Os ingressos custam entre R$ 25 e R$ 150.
Estação USP Leste da CPTM recebe Unidade Móvel LGBTQIA+ nos dias 08 e 10 de agosto
Representante do Amazonas vence Miss Brasil Mundo 2022
Festival Cultural Pangeia chega a sua quarta edição em formato híbrido
Após edição histórica em 2019, Garota VIP está de volta ao RJ e reúne diversos artistas
Imagine Dragons traz "Mercury World Tour" ao Brasil
Festa Italiana de São Caetano está de volta com novidades
Oca – Parque Ibirapuera
Shopping Eldorado
Teatro Procópio Ferreira
Teatro Santander
Espaço Unimed
Espaço Unimed
Balanço da Brock – 05/08/2022
Procon retoma atendimento móvel ao consumidor no Grande ABC
Dr. Thiago Marra recebe homenagem da Câmara dos Vereadores de São Paulo
Lúcia França é anunciada como vice de Fernando Haddad
Sesc SP apresenta Circuito Sesc de Artes e marca presença em cidades da região
Período de matrícula e rematrícula da rede estadual de São Paulo é prorrogado até terça

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.