Representantes da região entre as prendas do RS – Jornal NH

Representantes de duas entidades tradicionalistas da região levaram faixas na 51ª Ciranda Cultural de Prendas, que encerrou na madrugada de domingo, em Bagé e elegeu as Prendas do Rio Grande do Sul.

Dienifer Canabarro agora é a 2ª prenda do RS
Dienifer Canabarro agora é a 2ª prenda do RS Foto: Divulgação

Dienifer Canabarro, de 23 anos, moradora de Portão, mas que representa a Sociedade Gaúcha de Lomba Grande, de Novo Hamburgo, ganhou a faixa de 2ª prenda adulta e Ana Lívia Polônia Fröhlich, 12 anos, moradora de Nova Hartz e que representa o CTG Querência de Nova Hartz, levou o título de 3ª prenda mirim.

Ana Lívia Polônia Fröhlich é a 3ª prenda mirim do Estado
Ana Lívia Polônia Fröhlich é a 3ª prenda mirim do Estado Foto: Divulgação

O concurso ocorreu em três etapas, sendo uma com prova escrita, a prova folclórica e artística. Na primeira é uma espécie de teste de conhecimento da cultura e história. Na avaliação folclórica é realizada uma pesquisa sobre um tema escolhido e na etapa artística, além de dançar, as competidoras precisaram declamar poema ou tocar um instrumento.
“O resultado é a concretização de uma caminhada de muitos anos, com muita dedicação, amor e gratidão ao tradicionalismo. Participar da Ciranda foi a realização de um sonho de anos: representar tantas pessoas que ajudaram a me tornar a prenda que sou hoje. Representar a octogenária Sociedade Gaúcha de Lomba Grande e a 30ª Região Tradicionalista foi de grande responsabilidade, mas com amor e gratidão representei elas da melhor forma possível”, disse Dienifer.
A caminhada tradicionalista dela iniciou em 2008, no CTG Sentinela do Portão, onde ocupou o cargo de prenda em inúmeras categorias. Em 2015 ela ingressou na SGLG onde também ocupou o cargo de 1ª prenda. Agora o desafio é maior: “A maior responsabilidade é representar a juventude tradicionalista por todo o Estado”, diz.
Para a jovem Ana Lívia, ou Aninha como é chamada carinhosamente, participar da Ciranda Cultural foi além do concurso. “Fiz amizades, aprendi muitas coisas, foi um momento muito especial. Estou muito contente como meu desempenho, me dediquei muito, estudei muito. A responsabilidade do meu título é muito grande porque nosso trabalho é divulgar e espalhar as coisas do nosso folclore, como brinquedos, brincadeiras. Ser uma das representante das crianças tradicionalistas me deixa muito feliz”, finaliza.

Prenda do RS foram escolhidas durante a Ciranda Cultural
Prenda do RS foram escolhidas durante a Ciranda Cultural Foto: MTG

CATEGORIA ADULTO
1ª prenda: Giovana Martins Conceição, CCN sentinela do Rio Grande, Rio Grande.
2ª prenda: Dienifer Canabarro, Sociedade Gaúcha de Lomba Grande, Novo Hamburgo.
3ª prenda: Daiana Dal Ros, CCN Piazito Carreteiro, Ijuí.
CATEGORIA JUVENIL
1ª prenda: Renata Eidt Schiedeck, CTG Carreteiros, Pantano Grande.
2ª prenda: Carolina Gehres Moraes. CTG Aldeia dos Anjos, Gravataí.
3ª prenda: Laura Tedesco Bressan CTG Rincão da Roça Reúna, Veranópolis.
CATEGORIA MIRIM
1ª prenda: Katarine Peripolli Dias, CTG Clube Farroupilha, Ijuí.
2ª prenda: Dara Montagna Netto. CTG Mata Nativa, Canoas.
3ª Prenda: Ana Lívia Polônia Fröhlich, CTG Querência de Nova Hartz, Nova Hartz.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.