Serra gaúcha intensifica agenda de inverno – Jornal do Comércio

OLÁ, ASSINE O JC E TENHA ACESSO LIVRE A TODAS AS NOTÍCIAS DO JORNAL.
Entre com seus dados
e boa leitura!

Digite seu CPF, CNPJ ou E-mail para criar suas credenciais e acessar a versão eletrônica do Jornal.
Cadastre-se e veja todas as
vantagens de assinar o JC!
Você é nosso convidado!
Digite seu e-mail e acesse esta matéria na íntegra:


Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
O inverno chegou mais cedo, este ano, no Brasil. A estação, que oficialmente inicia em 21 de junho, começou a dar as caras ainda em maio, com grandes quedas de temperatura. Para a Serra Gaúcha, a chegada do frio representa a largada de uma temporada movimentada para o setor turístico. Em Gramado, a estação representa o fomento da economia e a prova disso é a pesquisa realizada pela plataforma de venda de passagens aéreas, 123milhas, que elegeu o município como o destino mais procurado para as férias de inverno no Brasil.
Além disso, o mês de julho é tradicionalmente marcado pelas férias escolares e pelo período de alta do turismo no País. Assim, cidades como Gramado e Canela têm apresentado uma movimentação intensa do fluxo de turistas atraídos pelas baixas temperaturas.
Para a rede Laghetto Hotéis, o aumento na movimentação turística na Serra Gaúcha tem sido bastante perceptível, principalmente em Gramado. Os hotéis da rede na cidade já se encontram com poucas vagas para todos os finais de semana de junho a julho. Segundo a gerente de marketing da rede, Flavianna Yamaguchi, a presença do frio gera um impacto significativo no turismo da cidade. “O inverno com certeza ajuda, porque o turista fala em inverno e quer vir para Gramado. Nós também tivemos geada, previsão de neve, então, isso aumenta cada vez mais o fluxo de turistas que vêm para a serra. É uma loucura”, declara.
Tradicionalmente, no Dia dos Namorados, a região contou com um grande aumento no número de visitantes. Assim como outras, a rede Laghetto apresentou 100% de ocupação em seus hotéis, inclusive os novos Laghetto Château localizado em Gramado e o Laghetto Viverone em Canela.
Além de Gramado, outras cidades da região serrana também apresentaram um crescimento no fluxo de turistas com a chegada do frio. Essas localidades oferecem aos visitantes uma variedade de atrações, com destaque para a área de gastronomia,  de parques e atividades que remetem à cultura local. Fora isso, a região conta com natureza privilegiada, repleta de cânions e quedas d’água, que podem ser visitadas por meio de trilhas e passeios de carro. “Sempre com a chegada do frio, os turistas vêm para a Serra para que possam aproveitar esse friozinho conosco e, juntamente com essa movimentação, nós podemos esperar um grande número de visitantes nessa época do ano”, comenta a secretária de turismo de Canela, Carla Reis.
 

A cidade de Canela também tem atraído um grande número de visitantes para a temporada de frio, iniciada no dia 17 de junho, e que se estende até o dia 31 de julho, com mais de 40 atrações, envolvendo 180 artistas da região. Com uma programação cheia de música, serão realizados shows gratuitos na praça João Corrêa, no centro da cidade, todos os finais de semana do inverno.
Além das apresentações musicais, entre os dias 22 e 26 de julho ocorre a Festa Junina, na Praça João Corrêa. O evento terá participação das escolas municipais da cidade e também de academias de dança, para a apresentação de quadrilhas. Além disso, também haverá a apresentação do tradicional casamento caipira, realizado pelo grupo de teatro local Mão na Mala.
Já nos de 15 a 31 de julho, no mesmo local, a cidade estará promovendo a 28ª edição da Festa Colonial. Após dois anos sem realização, o evento, antes realizado no Espaço Canela Rural, finalmente retorna, agora na Praça João Corrêa. “Ela vem para a praça justamente para que a gente dê essa visibilidade para o nosso agricultor, que a gente dê essa valorização para o povo, para a nossa comunidade do interior. Para que ele possa vir pro centro, mostrar os seus produtos, vender os seus produtos e para que o nosso turista, que quando ele nos procura, quer conhecer um pouco da nossa cultura. Então, ele também vai encontrar ali todos os nossos produtos e a nossa comunidade do interior na praça João Corrêa”, explica a secretária de turismo de Canela, Carla Reis.

A cidade de Nova Petrópolis também apresenta programação de eventos gratuitos para o mês de julho. Entre os dias 01 e 10 do mês, será realizado o Festival Sabores da Colônia. Com mais de cinquenta municípios inscritos, o evento reúne artesanato, dança, música e muita comida. Devido ao crescimento do número de interessados em participar, o evento este ano será realizado no Centro de Eventos de Nova Petrópolis.
No dia 14 de julho, o tradicional Festival Internacional de Folclore toma conta da cidade. Como descreve Jorge Darlei, prefeito de Nova Petrópolis, serão 18 dias de muita música, dança, com mais de 1,5 mil artistas no palco principal da Paraça das Flores, na Rua Coberta. “É um evento internacional com vários grupos de fora, grupos regionais e sem esquecer dos nossos grupos locais. Nós temos uma vasta e rica cultura alemã em nossa cidade. Então a cidade está se preparando para durante o mês com essas duas grandes programações. Onde estaremos recebendo o nosso público para esses dois grandes eventos”, declara o prefeito.
Ainda que com a maior parte dos eventos da temporada de inverno na Serra Gaúcha acontecendo durante os meses de junho e julho, o turista também pode contar com algumas atrações mais para a frente. Entre os dias 12 a 21 de agosto, a cidade terá o Festimalha, conhecida como a maior feira de malha tricot do País e um dos maiores eventos de moda do Estado. Além disso, no mesmo período, mas encerrando no dia 20 de agosto, ocorre o 50° Festival de Cinema de Gramado. Realizado anualmente, é um dos eventos mais aguardados na Serra Gaúcha, onde importantes nomes do cinema nacional e ibero-americano já foram celebrados com Kikitos.

Por conta da pandemia, as cidades da Serra gaúcha, vocacionadas ao turismo, foram também impactadas pelas restrições às atividades. Agora, com a volta à normalidade e o visível aumento no fluxo de turistas, a expectativa de melhora econômica toma conta do comércio da região. “Nós, gradativamente, estamos retomando os nossos eventos, apostando, acreditando e investindo, para que essas perdas, mesmo que não completamente recuperadas, sejam um tanto quanto amenizadas”, declara o prefeito de Nova Petópolis, Jorge Darlei.
Ainda assim, mesmo com o retorno à normalidade, essas cidades continuam mantendo alguns cuidados adquiridos durante a pandemia. Em Canela, a disponibilização de álcool gel será mantida em estabelecimentos como restaurantes e hotéis, além dos eventos realizados pela prefeitura. O uso de luvas de proteção também continua exigido nos restaurantes. “Esses cuidados, do álcool gel, da higienização, foram mantidos. Até porque eu acho que isso veio pra ficar, com certeza tem alguns hábitos que a gente não vai mais perder”, afirma Carla.

source

Deixe uma resposta